Este espaço comunicativo foi pensado com o propósito de facultar a todos os interessados um conjunto de reflexões e recursos didácticos relativos ao ensino das disciplinas de Filosofia e Psicologia, acrescentado com alguns comentários do autor.

posts recentes

A democracia sem partidos...

5 de Outubro - DIA MUNDIA...

Da "política do medo" à p...

Política: da teoria à má ...

Filosofia, pensamento crí...

Reuniões, reuniões... e b...

Dia Internacional da Filo...

Escola a Tempo Inteiro: u...

Lobbying na RAM?

Profissionalismo e Profis...

Kant e a intenção na ação

Uma lição de estética

Ser professor hoje

Tempo e Liberdade

O que é a Guerra?

O aborto: questões para u...

Retórica "branca" e retór...

Do concurso de Professore...

Dia internacional da Filo...

Inteligência emocional e ...

Sobre o conceito de Disle...

O sexo: "dois num só"

Autoregulação da Profissã...

Concursos RAM: Mérito ver...

Globalização e Educação

Ainda vale a pena ser pro...

Em defesa da escola públi...

Teoria(s) versus realidad...

O conceito de razão

Dilemas morais

Gilles Lipovetsky – O ind...

A Condição Humana

António Barreto: Um rumo ...

Serge Latouche e a via do...

A palavra ou o silêncio?

O valor da assiduidade no...

Porque andamos tão triste...

A questão da liberdade e ...

Academia de Filosofia UCP...

O objectivo da Ciência

Democracia, que futuro?

Aprender a deixar de Ser

O que é a Percepção?

Cortes salariais: quem no...

Sobre a Sofística

O facto científico: o que...

Democracia, política e me...

O critério da verificabil...

Alegoria da linha: Platão

Ser pai: incertezas e ale...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Março 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Junho 2014

Maio 2014

Maio 2013

Março 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Maio 2007

Relógio:

Quem nos visitou:

Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30
31


sobre mim:

Quarta-feira, 2 de Abril de 2008

Frases da Semana

Sobre o vídeo "9º C em grande"
 
-"O que há de novo neste caso é o telemóvel, para o bem e para o mal..."
-"O telemóvel é a arma do século XXI, uma arma indolor..."
 
José Luís P. de Abreu
 
"Com este caso... é todo o sistema educativo português que está em jogo..."
 
José Gil 
(Programa "Prós e Contras", 31.03.2008)

  

Sobre a descida do IVA:
 
-"Eu prefiro ver isto como uma medida parcial... e o impacto será 50% do impacto negativo que foi à 2 anos a subida de 2%."
 
Sobre o vídeo "9ºC em grande":
 
-"O respeito pela integridade pública da escola, pela não degradação da escola é hoje... uma questão central ... e por isso foi positivo, porque chamou a atenção para o que há de real."
 
António Vitorino, "Notas Soltas" (31.03.2008)

  
"Rui Rio é um adversário que apresenta algumas características que obrigariam o PS a meditar."
 
"Rui Rio segue também uma política do cortar a direito. (...) Teve a coragem de mostrar que o futebol não é tudo."
 
"Após as eleições, esta direcção do PSD não fez grandes esforços para reunificar o partido, … ela quase segue uma estratégia leninista."
 
António Vitorino (Programa "Notas Soltas", 17 de Março)

 

"Vai haver um modelo minimalista de avaliação..."
 
"Esta semana o PS recuou,... ouvindo os professores, recuou, mesmo dizendo que não recuou."
 
"Quem vai no presente e no futuro liderar o mundo da lusofonia é o Brasil."
 
Marcelo Rebelo de Sousa(Programa "As Escolhas de Marcelo", 16 de Março)

 
"No PSD, que é um partido que se caracteriza por não ter ideologia nenhuma, (...) o António Capucho não concorda com Luís Filipe Menezes; o Luís Filipe Menezes não concorda com o Rui Rio; o Rui Rio não concorda com o Pacheco Pereira, e o Pacheco Pereira não concorda com ninguém."
 
Ricardo Araújo Pereira (in "Visão", 13 de Março)
 

 
"Na política, em Portugal, há palavras-chave que são segredo... cedência, recuo..."
 
"Defendo que deve existir um período experimental de um ano, um ano e meio..."
 
"Acho que tem de haver um sinal de que o processo pode ser simplificado..."
 
António Vitorino (Programa "Notas Soltas", sobre Processo de Avaliação dos Professores)

 
"Ela (ministra da educação) é politicamente insensível, o que como socióloga é curioso..."
 
"Augusto Santos Silva é um "trauliteiro-mor"... e esta semana foi forte de mais."
 
"Determinação: essa é a grande qualidade política de José Sócrates."
 
Marcelo Rebelo de Sousa (Programa "As escolhas de Marcelo")

 
"O meu compromisso é para com o Sr. Primeiro-Ministro e por 4 anos..."
 
"Eu compreendo que são mais sacrifícios, mas na minha opinião são sacrifícios legítimos... e o país está reconhecido do trabalho dos professores".
 
"Eu ainda não entendi o que é o recuo..."
 
Maria de Lurdes Rodrigues (Programa "Grande Entrevista")
 

 
“O desempenho do sistema de educação em Portugal é deplorável, é o pior da União Europeia.”
 
Manuel Villaverde Cabral
 

 
“Vivemos actualmente como que um estado de sítio no sector da educação…”
 
“Admiro os professores! Ensinar é sempre um exercício autoritário, é sempre um exercício de autoridade. Até pelo saber. O professor é aquele que sabe e o aluno não… ele tem de aprender.”
 
João Lobo Antunes

 
«Ela (Ministra da Educação) entendeu que para conquistar os paizinhos... tinha de desautorizar e destratar os professores, e com isto quebrou a sua margem de autoridade na escola.»
 
Marcelo Rebelo de Sousa
 
«As pessoas para serem felizes não podem saber como são feitas, nem as salsichas nem as leis!»
 
Marcelo Rebelo de Sousa (citando provérbio eslavo)
 

 
«Alexandre Herculano, o maior "intelectual", que passara pelo exílio e combatera no cerco do Porto, deixou, já em agonia, um último juízo sobre a Pátria: "Isto dá vontade de morrer!
 
Vasco Pulido Valente
 

 
“Como é que se pode exigir às escolas, que no meio do ano lectivo, até ao final do ano façam a avaliação dos professores. Foi preciso a ministra da avaliação..., perdão, da educação..."
 
José Sócrates
 

 
“Qualquer dia é preciso ser-se loira para ser Ministra da Educação.”
 
Maria de Lurdes Rodrigues
 

«Talvez fosse tudo diferente, se os políticos tivessem de responder, com os seus bens, pelas dívidas de que são responsáveis.»
 
António Barreto
 

Comentário Talvez, assim, Portugal resolvesse definitivamente o seu deficit económico e, quem sabe, apresentasse um superavit. Refira-se, ainda, que finalmente, alguns "pensadores" portugueses começam a ter a coragem - e ousadia - de dizer algumas verdades e, quem sabe, assim possamos saber a verdadeira dimensão do "Monstro", como lhe chamou Cavaco. Fica-nos a pergunta: o que se esconde por detrás – e se assina – nos gabinetes dos nossos ministros e secretários de estado? A quem serve verdadeiramente os negócios que são feitos por estes senhores? Onde estão as actas das reuniões de "negócios" que movimentam milhões de euros e muitos interesses?


rotasfilosoficas às 17:30

link do post | favorito
 O que é? |  O que é?

comentários:
De Transdisciplinar a 2 de Abril de 2008 às 18:03
Bela compilação ! Mas é muito de uma só vez. Porque não reparte?
Cordiais saudações-


Comentar post

pesquisar

 

O tempo por cá

links

Bandeira portuguesa Pictures, Images and Photos